quinta-feira, 5 de abril de 2012

A canção dos Lobos!

Cuspa o sangue
que o golpe lhe
causou.

Venha dançar
nesse grande baile
onde todos estão

fantasiados de
lobos.
Uive, sem medo.

Cicatrize as
feridas sem
esquecer dos

causadores.
E sorria, mesmo
com os dentes manchados
de sangue e glória!

3 comentários:

  1. Esse é o meu amigo poeta. Sensibilidade sempre a flor da pele. Mais um que gostei muito!

    Um grande abraço, meu amigo!!!...

    ResponderExcluir